Em memória de Saúl Vaio
A Música é a minha Paixão
07 de Janeiro de 2010

 

 

Aos 5 anos, em 1918, meu Pai tornou-se o elemento mais jovem do Órfeão de Condeixa, fundado pelo Padre Dr. João Antunes, o Célebre Padre Boi.

Disse-me um dia que,  nessa idade, já tinha pleno conhecimento do valor das notas musicais, ou não fosse ele  filho de António de Oliveira, amante e cultor da música popular, que tanto cantou Condeixa.

Essa herança correu-lhe cedo nas veias e soube fazer jus ao nome de seu Pai e meu Avô.

Mais tarde, na década de 40, dirigiu com tal maestria o Orfeão, que não resisto a contar um episódio de que tive conhecimento há dias e vivido por minha Mãe...

Numa apresentação do Orfeão, foi tal a harmonia do canto, que meu Avô, sentado ao lado de minha Mãe e verdadeiramente embevecido com as qualidades artísticas de seu filho, se virou para ela e perguntou: "Não se sente orgulhosa por ser casada com este homem?"

Agora, com 90 anos, disse-me que nesse dia, conheceu a verdadeira dimensão com que o marido vivia a música...

Mais tarde, concretamente em 1956, por ocasião dos 25 anos do falecimento do Dr. João Antunes, e numa homenagem póstuma, voltou a ter a honra de dirigir um grupo de 15 "sobreviventes" do Orfeão.

Ainda mais uma nota...

Um dia, numa procissão do Senhor dos Passos, meu Pai seguia dirigindo a Banda de Música da Pocariça.

A dada altura, um dos filhos do Dr.João Antunes, abeirou-se dele e depositou-lhe nas mãos a Batuta  com que o ilustre Maestro havia dirigido tantas vezes o famoso Orfeão, dizendo-lhe que aceitasse, porque só ele era o seu único e legitimo herdeiro musical.

Meu Pai guardou-a com comovida gratidão. 

Nesta foto, pelos citados anos 40,  meu Pai encontra-se ao centro, a dirigir o citado e famoso Orfeão.

Meu Avô, António de Oliveira é o 3º. a contar da esquerda.

Lá em cima, o 2º. da esquerda é meu primo Florêncio Branquinho.

Peço perdão a todos os que não reconheço...mas muito estimo, por terem comungado também desse amor pela Música...

publicado por ivaio às 21:12 link do post
Adorei a fotografia e as referências ao meu amigo Maestro Saúl Vaio
candidopereira a 10 de Janeiro de 2010 às 14:04
Olá D.Isabel.Não me conhece,mas ainda me recordo de si.Sou condeixense e vagamente parente,ainda que por afinidade, do seu tio Sr.Ramiro,pois sou tio-avô de duas das suas bisnetas,a Alexandra e a Catarina.Sou portanto,grande amigo e admirador da família Oliveira.Tanto,que já escrevi uma crónica no Diário de Coimbra a propósito da homenagem que o Orfeão Dr.João Antunes fez ao seu tio.Tive o grato prazer de fazer parte do Orfeão que seu pai criou para especialmente integrar as festas de inauguração,em 1956,da Casa do Povo de Condeixa.Mas ainda voltei a ser ensaiado pelo Maestro,no coro do Rancho Folclórico e mais tarde numa experiência frustrada de criação de um orfeão.Na fotografia que publicou,reconheço algumas pessoas,além das mencionadas,como por exemplo o Zé Galhardo;o António Nero;o José Ventura;o Manuel Cigarra,etc.
No meu blogue,na rubrica ..e aqueles que por obras valorosas...presto homenagem a um dos vultos importantes da cultura condeixense,o Sr.Ramiro,não deixando de fazer referência a toda a família,sem a qual Condeixa não seria a mesma.Tenciono continuar esse tipo de crónicas e uma das futuras figuras será o Maestro Saúl de Oliveira Vaio,credor da estima e consideração de todos os condeixenses.Cumprimento-a com respeito,Cândido Pereira
Cândido Pereira a 10 de Janeiro de 2010 às 14:27
Bem-haja pelo seu comentário, senhor Cândido Pereira!.
O meu amor filial vai, concerteza, toldar um pouco a isenção com que deveria tratar a memória de meu Pai... no entanto, espero poder contribuir de algum modo, para engrandecer a memória colectiva de Condeixa.
Felicito-o igualmente pelos seus escritos, que igualmente me transportam sempre às minhas raízes...


ivaio a 15 de Janeiro de 2010 às 21:26
Dona Isabel. Os meus parabéns pelo seu blog. Teria muito em adicionar as fotos do seu blog ao acervo do Orfeão de Condeixa - Associação Orfeão Dr João Antunes pelo que solicito a sua autorização.
Agradeço desde já e desejo-lhe muitas felicidades.
http://orfeaodecondeixa.wordpress.com
Manuel Nujo a 15 de Março de 2010 às 02:51
Grata pela vossa atenção!
Fico muito honrada por poder colaborar de algum modo com o Orfeão e um dia, terei ocasião de vos oferecer pessoalmente a fotografia original!
Desejo-vos os maiores êxitos!
ivaio a 26 de Março de 2010 às 19:32
Olá Isabel (permita-me que a trate assim)!
Nasci e, ainda hoje, vivo em Condeixa.
Foi com grande prazer que vi o seu blog. Conheci muito bem a família Oliveira. Os meus avós maternos eram vizinhos, e amigos, do seu avô António, e de todos os seus filhos.Tinham ali próximo a sua padaria ( Adelino Guiné ).
Era o seu avô quem cortava o cabelo a toda a nossa família,incluindo a mim própria (não havia cabeleireiro em Condeixa). Naquela época, o seu tio Ramiro ainda trabalhava com o seu avô.
Mais tarde, quando estudante e adolescente, era nesse mesmo estabelecimento que eu adquiria livros e revistas.
Era frequente estar lá, também, o seu pai Saúl. Lembro-me vagamente de si em pequena.
Toda a sua família era genial na música.O seu tio Ramiro ensinou o meu filho mais velho (agora com 41 anos de idade) a tocar bandolim .
Gostei, também, muito de ver as fotografias que incluiu no blog. Na do Orfeão, está o meu pai, Manuel Alves Ferreira, com apenas 20 anos de idade. Não conhecia essa fotografia, e fiquei muito emocionada.
Realmente, a carreira musical do seu pai foi espectacular. Vê-lo nas festas de Condeixa à frente da Banda da Pocariça era um gosto, e sinal de que a mesma tinha muita qualidade. Esse tempo deixa, também a mim, saudades dessa Condeixa alegre, em que todos se conheciam.
Foi muito bom ter feito este blog. O seu pai merece esta homenagem.
Não devemos deixar cair no esquecimento aqueles que contribuíram com o seu saber, os seus princípios de vida, e se transformaram num grande exemplo para as gerações futuras.
Parabéns.
De Condeixa envio-lhe um abraço,

Isabel Alves Ferreira Soares Rebelo
isabel Alves Ferreira Soares Rebelo a 5 de Julho de 2010 às 18:10
Querida Isabel...( pois é assim que sinto quem tão gentil é comigo e com a memória da família Oliveira)...
Muito lhe agradeço as carinhosas palavras com que também enriquece este espaço...
Espero, em breve, oferecer a fotografia a que se refere ao espólio do Orfeon Dr.João Antunes, e nessa data, Isabel, revê-la e recordar tempos que não voltam...
Um abracinho,
Isabel Vaio
ivaio a 6 de Julho de 2010 às 21:48
Querida Isabel

Ficarei a aguardar a sua promessa, rever-mo-nos quando vier fazer a entrega da fotografia ao Orfeão.
Se essa fotografia me encantou, e deixou um misto de nostalgia e de saudade pela descoberta naquela do meu Pai ( o qual, creio eu, também estará na memória de muitos condeixenses), a outra do Rancho Infantil de Condeixa trouxe-me, também, à memória a letra e a música de uma das canções que, na época, ficaram no ouvido das pessoas da terra -"o passarito patusco, vai ao rabusco, na brincadeira(...)".
Essa foi mais uma, das muitas criações musicais, da família Oliveira!
Espero, sinceramente, que todas estas memórias se não percam...
Para isso muito está a contribuir o seu blog!
Um grande abraço, e até breve

Isabel Alves Ferreira Soares Rebelo
isabel Alves Ferreira Soares Rebelo. a 8 de Julho de 2010 às 09:27
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
http://www.youtube.com/watch?v=JZ77_HiYccc
Querida Isabel Ficarei a aguardar a sua promessa, ...
Querida Isabel...( pois é assim que sinto quem tão...
Olá Isabel (permita-me que a trate assim)!Nasci e,...
QUE COISA BOA, UM COLO DE PAI! SOBRA-NOS O CONSOLO...
QUERIDA ISABELVEJO QUE TAMBÉM PARTILHAMOS O MESMO ...
Grata pela vossa atenção!Fico muito honrada por po...
Dona Isabel. Os meus parabéns pelo seu blog. Teria...
Bem-haja pelo seu comentário, senhor Cândido Perei...
Olá D.Isabel.Não me conhece,mas ainda me recordo d...
blogs SAPO